/* ---marcadores por enjoythelittllethings.blogspot.com --- */ #Label1 ul li {float:left; padding-left:10px; font-family: 'Georgia'; font-size: 12px; background:url(http://static.tumblr.com/8buytvw/30imlqqy9/tags.png) no-repeat left;text-indent : 8px; width:100px; font-style: italic; -webkit-transition-duration: .40s;-webkit-transition-duration: .40s} #Label1 ul li:hover{background:url(http://static.tumblr.com/8buytvw/rE4mlqr3g/tags1.png) no-repeat left;} #Label1 ul li a {color: #D9CFA3;} #Label1 ul li a:hover {color: #9b9b91;} /* ---fim--- */

"Faça Você Mesma: Prendedores de Embalagem de Garrafa Pet"

Leia mais

"Faça você mesma: Queijeira de Garrafa Pet"

Leia mais

"Meu cantinho do café!"

Leia mais

"Tentativa de Modelete 2"

Leia mais

"Faça você Mesma: MoodBoard"

Leia mais

#COMIGONÃO: Um basta na violência contra a mulher!

Minhas leitoras e queridas amigas, hoje venho dividir com vocês uma assunto que precisa sim ser falado, comentado e se precisar gritado! A specialitalingerie junto com tantas blogueiras estão firmes e fortes nessa campanha #COMIGONÃO.



Eu nunca sofri nenhum tipo de agressão, e você também pode nunca ter sofrido, mas saiba que nesse momento, em que você lê essa postagem, alguma mulher ou foi agredida, ou sofre com os sintomas de alguma agressão. Temos que colocar a cara no mundo e falar sobre esse assunto que merece ser destaque em todos os âmbitos, nos mulheres ainda sofremos desse mal, querendo ou não acreditar, ele acontece, e pode está mais próximo que você imagina.
Estatísticas do IPEA apontam dados muito sérios e que não podemos deixar para lá, como se nada estivesse acontecendo: Sete em cada dez mulheres já sofreu ou vai sofrer uma situação de agressão, seja ela física ou psicológica, em algum momento da vida. Destas mulheres, a grande maioria jamais vai falar sobre este assunto, levando consigo cicatrizes irreparáveis, dolorosas, mas invisíveis aos nossos olhos.
Está na hora de dar um basta nisso! Precisamos ser respeitadas e toda a sociedade precisa abraçar esta causa, entender a seriedade do assunto e mudar essa cultura de desvalorização da mulher de uma vez por todas.


Nos mulheres temos direito de usar as roupas que queremos, de falar o que queremos, de andar nos locais que queremos e de comportar da maneira que queremos. Isso não da o direito que ninguém se sinta no direito de fazer o que bem entendem para conosco. Somos fortes, somos muitas, e temos nosso direito de ser respeitadas. Já passou da hora de gritarmos um basta a qualquer tipo de violência conta nós mulheres. 
Mas, como podemos conseguir mudar algo que, mesmo de forma muito negativa, está associado à nossa Cultura?


É muito importante compreender que a denúncia dos abusos aos órgãos responsáveis é o primeiro passo para esta mudança. Discando 180 você tem um canal direto junto aos centros de apoio à mulher e mantem sua identidade anônima.
Mudar nossa mentalidade para entender o quanto esse tipo de coisa é séria também é importantíssimo. A mulher precisa se ver da maneira como ela realmente é: merecedora de mérito por suas conquistas, respeito por parte da sociedade e proteção por parte do Estado.
É preciso entender sobre as situações que acontecem com tantas mulheres e, se algum dia qualquer coisa parecida acontecer com você, tenha forças para não aceitar, para não se subjugar ou submeter a algo que você não quer! Muita coisa ruim já aconteceu para que fiquemos caladas sem dizer “comigo não!” em situações de abuso ou falta de respeito.


A Specialità Lingerie, criadora da campanha COMIGO NÃO, convidaram blogueiras de todo Brasil para participar dessa campanha, e assim todos os blogs parceiros que estão abraçando esta ideia de proteção e valorização à mulher, acreditam que o respeito seja a grande arma de enfrentamento a este tipo de violência.
Eu super apoio essa causa, e acho que toda forma de conscientização é válida.
Foi assim que nasceu a ideia da campanha #COMIGONÃO, que tem como objetivo mostrar às mulheres o seu poder, sua beleza, seu grande valor perante a sociedade e, principalmente, a sua capacidade de mudar os caminhos de sua vida, quebrar as correntes da opressão e se libertar para uma nova realidade.
A cada blogueira que topa dividir esse assunto com suas leitoras um conjunto de lingerie será doado a uma das casas de abrigo a mulheres do estado de Minas Gerais. Assim teremos a oportunidade de trabalhar a autoestima dessas mulheres e mostrá-las o valor que elas têm.
O grito de guerra dessas mulheres é esse: Comigo Não! Grite junto, seja você homem ou mulher, vamos mostrar a força que temos, e ajudar a tantas mulheres que sofrem caladas!
Hoje por um acaso no dia que escrevi essa postagem estava assistindo pela manhã o programa da Fátima Bernardes, e ouvi uma frase que me chamou bastante atenção "O não da mulher bate num lugar estranho do homem!" e isso justifica o fato de tantos agressores que estão ali, vivendo e dividindo um teto com mulheres, e se sentem no direito de violenta-las. 

Assista ao vídeo da campanha!



Apoie esta causa! Conheça a campanha #COMIGONÃO:
Sobre a campanha e sobre quem a apoia: Specialitalingerie
Página do Facebook da campanha #COMIGONÃO: FACEBOOK: #comigonao



Pesquise: